sábado, 8 de novembro de 2008

Janelas, sementes e a Palavra


Um grande amigo e companheiro no caminho da Arte Sacra, Sérgio Ceron, realizou um belo conjunto de vitrais para uma capela em União da Vitória, no sul do Paraná. É uma composição muito interessante, pois trabalha a progressão das janelas em harmonia com o desenrolar da parábola evangélica. As cores e as formas acentuam e dão a música à Palavra. As formas verticais das primeiras vão cedendo ao abrir-se da planta, consequência do acolhimento e realização do Verbo no coração de cada um. Penso que é um exemplo interessante e importante, pois trabalha um programa iconográfico preciso, belo no conjunto e nas partes, pleno de significados, que maravilha ao primeiro momento, e sucessivamente, convida a entrar na obra, toma o contemplador pela mão e o conduz para dentro da parábola, permitindo-lhe fazer um passo de cada vez, até florescer e frutificar com a Palavra!

Um comentário:

Karina H. disse...

Olá, você sabe me dizer aonde é esta capela que foi feita os vitrais na Cidade de União da Vitória/PR? qual seria? Muito obrigada, Karina